Final de ano no estúdio

Abrir ou não o estúdio no final do ano?

21 de dezembro de 2017

Categoria: Sem categoria
Compartilhe
Final de ano no estúdio

Alguns gestores veem os feriados do Natal e do Ano Novo como uma oportunidade de negócios.

A maioria das academias e estúdios tem uma queda no número de alunos em virtude do período de férias e feriados de final de ano. Isso deixa os empresários inseguros e indecisos em relação ao recesso.

Acompanhar essa pausa “geral” pode ser positivo, se você pretende reformar o espaço, por exemplo. Alguns gestores acreditam que também é uma forma de renovar a motivação da equipe, com um tempo para todos. Mas as coisas estão mudando.

As academias e estúdios podem usar a estratégia de abrir no fim do ano para conquistar e fidelizar os clientes, além de suprir a demanda das empresas que fecham nesse período. Isso porque muitas pessoas usam esse tempo de recesso do trabalho para cuidar de si e fazer o que gostam, para se sentir bem.

Você precisa conhecer bem o público do seu negócio para tomar essa decisão. Quais os hábitos dos seus alunos? Que tipo de atividade eles têm no dia a dia? Como eles veem a atividade física? Hoje as academias e estúdios passaram a ser mais do que um lugar para se exercitar, mas um local de bem-estar, de entretenimento e relação social.

Por isso, as horas de lazer viraram motivação para ir aos treinos, inclusive nos feriados e finais de semana. Algumas empresas só fecham no dia 25 de dezembro e no dia 1 de janeiro.

Uma boa forma de agregar valor a esse período é oferecer aulas com pagamento diário, para quem vai treinar fora do seu local. Já que a demanda é menor, você pode fazer um plantão entre os funcionários, alternando os dias de trabalho sem abandonar os clientes.

Quem decidir parar deve informar todos os alunos por e-mail, redes sociais ou por telefone, além de colocar cartazes nos espaços comuns. E deve se preparar para reivindicações, pois os clientes podem pedir descontos para os dias de recesso. Você pode oferecer reembolsos já no momento de fechar o pacote.

Para não deixar seus alunos parados, caso queira dar uma folga geral para os instrutores, uma ideia é promover uma caminhada ou um passeio de bicicleta. Estimule a prática de exercícios ao ar livre, para que eles não sofram na hora de voltar às aulas.

Tem mais sugestões? Conte pra gente.

Voltar